Podcasts

Cinco leituras favoritas para medievalistas

Cinco leituras favoritas para medievalistas


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Por Danièle Cybulskie

Você pode não ficar surpreso ao saber que sou um bibliófilo notório e raramente saio de uma livraria de mãos vazias. Felizmente, isso significa que li um monte de livros fantásticos este ano, então pensei em compartilhar apenas alguns dos meus favoritos que vão desde medievais para iniciantes até coisas acadêmicas mais pesadas. A maioria deles, eu (ou outros escritores em nosso site) já escrevemos porque o conteúdo era tão bom, então eu voltei a postagens anteriores para aqueles que querem um pouco mais de informação.

1. Os Plantagenetas: os reis e rainhas guerreiros que fizeram a Inglaterra por Dan Jones

Dan Jones lançou um monte de coisas boas este ano, incluindo dois novos livros: carta Magna e Reino Dividido. (Você pode ler meu carta Magna entrevista com Jones aqui.) Para preferência pessoal, porém, tenho que ir com Os Plantagenetas. Seguindo (o que eu acho) a dinastia mais interessante da Grã-Bretanha, Jones usa prosa colorida e ótima narrativa para atingir todas as partes mais interessantes do governo de cada rei, bem como todas as coisas importantes. Como um resultado, Os Plantagenetas é a leitura compulsiva que lhe ensina ao mesmo tempo. Quem poderia pedir mais alguma coisa?

2. Sangue de dragão e casca de salgueiro: os mistérios da medicina medieval por Toni Mount

Esta é uma visão geral da medicina medieval de fácil leitura, desde o peculiar ao surreal até o que realmente funcionou e a ciência por trás dele. Por ser uma leitura rápida e uma visão geral, é o tipo de livro ótimo para pessoas com um interesse inicial no período medieval ou como um ponto de partida para pessoas um pouco mais avançadas nos estudos medievais, medicina ou naturopatia. Também está cheio de pequenos factóides excelentes que você pode lançar em membros da família desavisados, como "Você sabia que limo de caracol é ótimo para queimaduras?" (Todo mundo precisa de um pouco de trivialidades medievais nojentas para animar a conversa fiada.)

3. Um passado envenenado: a vida e os tempos de Margarida de Portu, uma envenenadora acusada do século XIV por Steven Bednarski

Esta pedaço de micro-história é uma ótima leitura porque aborda vários aspectos interessantes da vida medieval e da erudição ao mesmo tempo. Com ele, os leitores podem aprender sobre a vida medieval no sul da Europa, o sistema judicial, as relações familiares (e o efeito que isso poderia ter em um julgamento), bem como como os historiadores encontram e avaliam um caso como o de Margarida. Além disso, é um verdadeiro mistério de assassinato medieval. Então, é isso.

4. O navio bem carregado por Egbert de Liège (tradução de Robert Gary Babcock)

Reconhecidamente, isso pode ser para os mais nerds de nós, porque (embora haja uma ótima introdução explicativa) são principalmente palavras de pessoas medievais, deixadas para que possamos contemplar sem muita exposição adicional. Egberto de Liège escreveu provérbios locais e sabedoria para a posteridade e como um exercício para os alunos, então seu livro é um tesouro do pensamento medieval desde o antigo e familiar (“Enquanto o gato está longe, o rato é visto correndo.” p.11) para o ainda relevante (“Eu odeio uma infecção nasal dolorosa com narinas tapadas. ”p.43). É uma bela edição e uma fonte de diversão sem fim.

5. Vida Medieval: Arqueologia e o Curso de Vidapor Roberta Gilchrist

Embora os livros acima sejam amigáveis ​​para o medievalista intrépido, este é mais para o hardcore. Roberta Gilchrist compilou uma quantidade absolutamente impressionante de informações arqueológicas (incluindo fotos e esboços) sobre todos os aspectos da vida medieval, do conhecido ao obscuro. Como resultado, este livro vai além de ser um livro pós-secundário para ser um guia prático para qualquer medievalista ter na prateleira para referência rápida. É completo o suficiente para ser valioso tanto para as pessoas que sabem pouco sobre a história quanto para as pessoas que sabem um pouco mais. Também seria uma referência útil para aqueles autores iniciantes que (eu descobri) fazem parte da nossa comunidade Nosso Site e que estão procurando por detalhes precisos em seus escritos históricos. Embora este seja definitivamente mais um livro didático do que um livro de banheira, eu o recomendo para qualquer pessoa com um interesse sério em nossa amada Idade Média.

Existem tantos outros livros que eu poderia adicionar a esta lista, mas estes são alguns dos meus favoritos. Sinta-se à vontade para usar nossa seção de comentários no Facebook ou tweetar outras leituras recomendadas para compartilhar com nossa comunidade. Leitura feliz!

Você pode seguir Danièle Cybulskie no Twitter@ 5MinMedievalist


Assista o vídeo: Qué tipografía utilizo para mi logo? (Junho 2022).